A Tradição do Anel de Formatura


O anel de formatura surgiu a partir da metade do século 19, quando a burguesia começou a frequentar as então recentes universidades modernas. Os anéis começaram a ser a ser utilizados como uma forma para distinguir quem tinha acesso ao estudo, era uma forma de conhecimento imediato (por exemplo: anel de pedra vermelha é de advogado, o azul de engenheiro e o verde de médico). Esse costume era muito útil para identificar a profissão da pessoa sem ter que perguntar, o que era considerado indelicado na época.

O anel funcionava também para identificar e diferenciar determinados grupos de alunos ou determinadas escolas. Além de marcar a passagem pela faculdade, ajudava a identificar de qual turma faziam parte, como uma demonstração de amizade e superação de obstáculos que tinham em comum.

Hoje, essa tradição se mantém e está ficando cada vez mais forte e presente na vida das pessoas. Os anéis de formatura ficaram mais modernos, e as pessoas procuram cada vez mais um anel que representa sua identidade, estilo de vida e o seu jeito de ser.

Confira na nossa galeria alguns modelos:

Os anéis de formatura são da Casa São Paulo Joias. Pode ser encomendado pelo e-mail: casasaopaulojoias@gmail.com .

Editora de conteúdo: Carla Cruz.

2 comentários sobre “A Tradição do Anel de Formatura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s