Tiffany & Co – A marca desejo


A história da Tiffany  & Co. teve início em 1837, quando Charles Lewis Tiffany e John B. Young, fundaram a Tiffany & Young na cidade de Nova York, com apenas US$ 1 mil para investir em um bom negócio. Tinham como objetivo estabelecer um comércio de artigos de luxo e papelaria para casa e escritório. Uma das novidades da loja era a etiqueta com preço não negociável, uma política revolucionária para a época.

A caixinha azul foi adotada em 1837, conhecida também como Blue Box, e acabou virando marca registrada da empresa. A cor azul foi registrada como marca, sendo utilizada em suas sacolas, embalagens e material promocional. No decorrer do tempo, a cor se tornou parte da identificação da marca, sendo reconhecida a muitos metro de distância. O primeiro catálogo da loja foi lançado em 1845, o famoso The Blue Book.

Com o decorrer do tempo, a loja foi crescendo e começou a fazer parte dos momentos mais celebrados na vida de seus clientes. Pratarias, presentes de aniversários, anéis de noivado, listas de casamento. O que até então teria começado como um pequeno empório de artigos de luxo e papelaria, começava a se tornar um ícone de diversidade, status e bom gosto. Foi a partir de 1853 que Charles Tiffany assumiu controle total do negócio e mudou o nome da loja para Tiffany & Co.

A partir de 1850, a marca começou a ganhar reconhecimento internacional pelos seus artigos de luxo. Nos anos de 1855 e 1867, a Imperatriz Eugênia, da França, considerada exemplo de elegância para a época, presidiu as duas primeiras exposições de jóias em Paris. Tiffany foi a primeira empresa americana a ganhar o Prêmio de “Qualidade em Prata”, fato inédito para as casas americanas de design até então, o que a colocou em condições de igualdade com as tradicionais de igualde com as tradicionais joalherias europeias.

Louis Comfort Tiffany, filho de Charles, estabeleceu em 1902 o departamento de design e manufatura de joias conhecido como Tiffany Art Jewerly. Foi reservado um andar todo dedicado à exibição das criações dos Tiffany Studios, onde funcionava uma espécie de laboratório de criação para o jovem designer. Louis ficou conhecido por suas peças coloridas e esmaltadas, esculpidas em forma orgânica. Eram inpiradas na fauna e na flora americana, lembrando o Art Nouveau. Joias e objetos de design como as famosas Tiffany Lamps iriam se tornar peças de colecionadores, presença garantida nos acervos dos grandes museus do mundo.

Foi em 2001 que a empresa chegou ao Brasil, com a inauguração de uma loja no shopping Iguatemi. Em pouco tempo de atividade, a Tiffany paulistana entrou para o roteiro dos objetos de desejo na cidade. Em outubro de 2003, mais uma loja foi aberta na cidade, na rua Haddock Lobo. As duas lojas em São Paulo são os únicos pontos de venda da marca na América do Sul.

Hoje o diretor da marca é John Loring, também autor de mais de dez livros sobre a empresa, explica que a proposta da Tiffany até hoje é a mesma, ou seja, desenhar peças que se perpetuam. Segundo ele, o ponto de partida para o estilo Tiffany são as ideias simples mostradas de uma maneira totalmente inesperada. Além das joias, a companhia vende: relógios, artigos de prata, cristal, vidro e porcelana, talheres diversos, materiais gravados e acessórios de moda.

Hoje a Tiffany & Co é a terceira maior joalheria do mundo, possui uma ampla linha de produtos vendidos em suas 170 lojas espalhadas pelo mundo, Cerca de 83% do faturamento provém da venda de joias.

Os anéis de noivado são um dos pontos mais forte da marca.

IMG_0900[1] IMG_0901[1] IMG_0904[1]

Outros produtos da marca.
IMG_0918[1] IMG_0919[1]

“Nada de ruim pode acontecer a você na Tiffany” Audrey Hepburn, no filme “Breakfast at Tiffany’s”

Editora de conteúdo: Carla Cruz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s